fbpx

Você sabe qual é o seu fototipo?

A cor da pele de uma pessoa é determinada por diversos fatores. A pigmentação constitutiva da pele é herdada geneticamente por meio da melanina, sem interferência da radiação solar. Já a cor facultativa da pele é reversível e pode ser induzida, pois ela resulta da exposição solar.  Quanto mais melanina a pele possui, mais resistente ela é à radiação ultravioleta. Por isso, pessoas de pele muito clara se queimam facilmente quando se expõem ao sol sem proteção, enquanto pessoas de pele muito escura podem se expor ao sol por longos períodos sem se queimar. Os diferentes fototipos de pele são classificados em seis níveis, de acordo com a Classificação de Fitzpatrick.

 

Antes de tudo é importante lembrar que, independente do fototipo, todas as pessoas devem se proteger da incidência dos raios de sol, com protetor solar e com proteção física (chapéu, óculos, barracas e roupas com UVA e UVB). Além dos cuidados com a pele, os fototipos também são importantes para indicar riscos a melanomas e câncer de pele de diferentes tipos. 

Essas medidas ajudam a manter a pele mais protegida, independentemente do fototipo determinado pela escala de Fitzpatrick. Você já ouviu falar nessa classificação? Um médico chamado Thomas B. Fitzpatrick classificou a pele em 6 fototipos cutâneos diferentes, que variam de acordo com a quantidade de melanina (substância que dá cor à pele), a capacidade de cada pessoa em se bronzear (ganhar tom amarronzado) e queimar (ficar avermelhada) quando se expõe ao sol, até mesmo outras características, como a cor dos olhos e do cabelo.

 

Os seis fototipos de pele são:

  1. Pele branca. Sempre queima – bronzeia muito pouco – sensível ao sol;
  2. Pele morena clara. Queima (moderadamente) – bronzeia (moderadamente) – sensibilidade normal ao sol;
  3. Pele morena moderada. Queima (pouco) – sempre bronzeia – sensibilidade normal ao sol;
  4. Pele morena escura. Queima (raramente) – sempre bronzeia – pouco sensível ao sol;
  5. Pele negra. Nunca queima – totalmente pigmentada – insensível ao sol.

 

Portanto, independentemente do seu fototipo, é importante proteger sempre a pele, principalmente no verão – época em que a incidência dos raios solares é mais intensa. Por isso, converse com o seu dermatologista, a fim de escolher o melhor filtro solar de acordo com as suas necessidades. Além disso, não se esqueça do uso de barreiras físicas, como chapéu e roupas com proteção UV.

O laser Light Sheer, usado na LipoDream, é o melhor laser para a depilação, ele remove os pelos de todos os tons de pele, com eficiência e segurança, inclusive no rosto. A depilação com laser de diodo também ajuda a melhorar a foliculite, além de ser rápida e bem menos incômoda que outros métodos.