fbpx

Cicatrizes após Mastopexia ou mesmo decorrentes de cesarianas também podem ser minimizadas através do uso do Laser CO2 fracionado.

Esse tratamento pós-operatório é bem eficaz e preciso em sua aplicação e alcança apenas os lugares necessários, diminuindo a aparência visível da cicatriz.

Além de cicatrizes, o Laser CO2 também é indicado para:
– Combater as rugas e linhas de expressão;
– Melhorar a textura, combatendo a flacidez facial;
– Eliminar manchas escuras na pele;
– Suavizar as cicatrizes de acne da região do rosto.

Como funciona o Laser CO2?

O tratamento é realizado no consultório, no qual se aplica o laser na região que se quer tratar. Geralmente, aplica-se um creme anestésico antes do tratamento e os olhos do paciente são protegidos para evitar lesão ocular. O especialista demarca a região a ser tratada e a seguir aplicar o laser com diversos disparos seguidos, mas não sobrepostos, que podem provocar algum desconforto nas pessoas mais sensíveis, e por isso é aconselhado o uso do anestésico.

Após a realização do tratamento com laser é necessário aplicação diária de cremes hidratantes e reparadores indicados pelo especialista, e protetor solar com fator de proteção acima de 30. Enquanto durar o tratamento é recomendado não se expor ao sol, e usar chapéu para proteger a pele dos efeitos nocivos do sol. Caso a pele fique aparentemente mais escuras em certas áreas a seguir o tratamento o terapeuta pode indicar um creme clareador até a próxima sessão.

Após o tratamento com laser de CO2 fracionado a pele fica levemente avermelhada durante aproximadamente 4-5 dias, havendo uma suave descamação de toda a região tratada. Dia após dia pode-se notar uma melhora na aparência geral da pele, porque o efeito do laser sobre o colágeno não é imediato, provendo a sua reorganização, o que pode ser mais evidente após 20 dias de tratamento. Ao final de aproximadamente 6 semanas pode-se observar que a pele fica mais firme, com menos rugas, menos poros abertos, menor relevo, melhor textura e aparência geral da pele.